O que é a Internet Industrial das Coisas?

postado em 22/01/2020

IIoT é o conceito de “coisas” conectadas em um ambiente industrial, projetado para melhorar a tomada de decisões de gerenciamento de ativos, visibilidade operacional e controle. Quando as máquinas podem conversar entre si, você pode identificar com mais facilidade tendências e problemas em contexto com o restante de sua linha de produção. Outros termos importantes e geralmente relacionados à IIoT são:

Machine to machine (M2M) termo amplo que descreve como os ativos conectados se comunicam sem a necessidade de envolvimento humano, às vezes usando inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina (ML).

Industria 4.0 se refere à quarta revolução industrial atual, caracterizada pelas tendências de automação de produção, uso de dados, computação em nuvem e outras tecnologias emergentes para manufatura.


Conheça 3 usos da IIoT que vão impactar seu negócio

A jornada de implementação da IIoT começa com uma meta final específica em mente; portanto, as métricas que você precisa rastrear vêm diretamente do problema que você precisa resolver, e três casos de uso comuns para industrias visam otimizar alguns dos KPIs de produção mais importantes:

Compreender e reduzir o custo da má qualidade (CoPQ)

Representa a receita que você teria obtido se o seu equipamento de produção estivesse em perfeitas condições o tempo todo.

Maximizar a eficácia geral do equipamento (OEE)

Fatores de disponibilidade, desempenho e qualidade para quantificar a eficiência de um fabricante em comparação com sua capacidade total.

Ativar manutenção preditiva verdadeira

Com os sensores conectados aos seus ativos, você pode transmitir automaticamente dados de condição para seus sistemas de produção e manutenção, notificando-o quando uma falha é iminente.


Conclusão...

IIoT pode resolver uma ampla variedade de desafios. O principal valor é obter dados do ambiente físico para os computadores e tomar melhores decisões com base nisso. A IIoT é inevitável porque o custo de conectividade e o custo dos dispositivos estão diminuindo. Antes, os dados tinham que ser muito valiosos para colocar sensores em campo, o investimento tinha que ser à prova de balas. Agora, com os custos de investimento em dispositivos e comunicações baixando, tudo fica mais barato e os sensores vão ganhando espaço em todos os lugares. Você começa a obter eficiência em áreas anteriormente intocadas, onde o ROI (retorno sobre investimento) costumava ser muito baixo


Ficou alguma dúvida?

Entre em contato com nossa equipe de especialistas para saber mais sobre IIoT e outras tecnologias